Educação indígena em dez aldeias.

O Governo Popular criou o Plano Estadual de Educação Escolar Indígena do Pará, com a participação de 40 povos, e implantou o Ensino Médio Integrado Munduruku, com cursos de Enfermagem, Magistério e Agroflorestal, envolvendo 208 indígenas. O programa de formação envolve 426 professores indígenas e beneficia 7.729 alunos. O Ensino Médio Regular envolve 256 indígenas matriculados em dez aldeias.

Meia Passagem Intermunicipal.

Todos os estudantes da rede pública, inclusive nos níveis superior e de pós-graduação, passaram a ter direito à meia passagem intermunicipal.

O Governo Popular investiu mais de R$ 150 milhões para construir, reformar e ampliar escolas.

29 escolas construídas, mais de 1.000 reformadas

O Governo Popular investiu mais de R$ 150 milhões para reformar, ampliar, fazer a manutenção e construir novas escolas em todas as regiões do Pará. Em quatro anos, 29 escolas foram construídas e 1.066 passaram por reformas. Dez escolas foram ampliadas.

Leia mais:O Governo Popular investiu mais de R$ 150 milhões para construir, reformar e ampliar escolas.

Transporte escolar para 76 mil alunos

O Governo Popular adquiriu 30 ônibus novos e 46 barcos para o transporte de estudantes e contratou dois bondinhos. Os convênios com prefeituras foram ampliados de 38 para 132 municípios, com investimento de R$ 18 milhões. No total, 76 mil alunos estão sendo beneficiados.

Leia mais:Transporte escolar para 76 mil alunos

Bolsa Trabalho qualificou mais de 70 mil jovens no Pará.

O Governo Popular investiu R$ 101.180.400,00 no programa Bolsa Trabalho, que assegurou formação e qualificação a 72.300 jovens para o mercado de trabalho ou para atividades de empreendedorismo.

Leia mais:Bolsa Trabalho qualificou mais de 70 mil jovens no Pará.